Divulgada as datas da Sexta parcela do Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial será pago até dezembro de 2020, inclusive já tem data para liberação da 6ª parcela. Também existem novas regras para receber o Auxílio Emergencial. Desde abril muitos brasileiros usaram os R$ 600,00 do coronavoucher para enfrentar dificuldades financeiras provocadas pela pandemia da covid-19.

Contudo, o programa finaliza no final do ano, e contará com o acréscimo de mais 4 parcelas, pagas até dezembro. Entretanto, nem todos terão acesso ao incremento, e os pagamentos seguirão com datas pré-estabelecidas. Portanto, confira mais sobre as datas previstas do Auxílio Emergencial.

Publicidade

Prorrogação Seguro Desemprego com até 7 parcelas!

Sexta Parcela Auxílio Emergencial

No final de setembro o Governo Federal oficializou a extensão das parcelas do Auxílio Emergencial liberado devido, sobretudo, ao Coronavírus. Mas, ao contrário dos créditos anteriores, a 6ª parcela do Auxílio Emergencial terá outro e foram criados novos critérios comprobatórios.

O argumento para redução é que as finanças da União não suportariam pagar o valor integral, conforme realizou nos meses anteriores. Desse modo, o meio de manter o programa e ajudar os brasileiros mais afetados pela pandemia, foi a diminuição do Auxílio Emergencial e na participação dos usuários. O novo formato do Auxílio Emergencial basicamente será:

  • Pagamento de mais 4 parcelas;
  • O mês limite de liberação dos valores é dezembro;
  • Os recebimentos continuam via app Caixa Tem, com datas específicas de crédito e saque (de acordo com o mês de nascimento ou calendário do Bolsa Família).

Valores das parcelas

Tanto esta quanto as demais partes da extensão do Auxílio Emergencial serão, portanto, de 300 reais. Mas, nem todos terão acesso aos valores totais. No entanto, somente os beneficiários que tiveram o primeiro pagamento em abril é que receberão por completo.

Publicidade

Quem está nos grupos posteriores terá abatimentos de acordo com o mês de recebimento. Ou seja, os contemplados de maios terão direito a três parcelas e assim por diante. Descubra os outros critérios dessa nova fase do programa.

Quem não tem direito ao Auxílio Emergencial?

Confira a lista das pessoas não beneficiadas pelas novas parcelas do Auxílio Emergencial:

Publicidade

  • Registradas com óbito no sistema da União;
  • Menores de 18 anos (exceto jovens cadastradas como mães);
  • Presidiários;
  • Quem declarou Imposto de Renda em 2019, e teve rendimentos tributáveis acima dos R$ 28.559,70;
  • Brasileiros residentes fora do país;
  • Renda familiar (mensal) acima de 3 salários-mínimos;
  • Passou a receber algum benefício social (seguro-desemprego, auxílio doença, etc.)
  • Esteja registrado num emprego formal.

Calendário da Sexta Parcela do Auxílio Emergencial

auxílio emergencial

Conforme ocorreu nas outras liberações do Auxílio Emergencial, existem calendários específicos para cada lote, confira em qual você se enquadra. Contudo, os Beneficiários que receberam a primeira em abril (de acordo com mês de nascimento). Além disso, todos os pagamentos são separados em ciclos.

CICLO 3

Mês Depósito Saque
Janeiro 30/09 07/11
Fevereiro 05/10 07/11
Março 07/10 14/11
Abril 09/10 21/11
Maio 11/10 21/11
Junho 14/10 24/11
Julho 16/10 26/11
Agosto 21/10 28/11
Setembro 25/10 28/11
Outubro 28/10 01/12
Novembro 29/10 05/12
Dezembro 01/11 05/12

CICLO 4

Mês Depósito Saque
Janeiro 30/10 07/11
Fevereiro 04/11 07/11
Março 05/11 14/11
Abril 06/11 21/11
Maio 08/11 21/11
Junho 11/12 24/11
Julho 12/12 26/11
Agosto 13/12 28/11
Setembro 15/12 28/11
Outubro 16/12 01/12
Novembro 18/12 05/12
Dezembro 20/12 05/12

CICLO 5

Mês Depósito Saque
Janeiro 22/11 19/12
Fevereiro 23/11 19/12
Março 25/11 04/01
Abril 27/11 06/01
Maio 29/11 11/01
Junho 30/11 13/01
Julho 02/12 15/01
Agosto 04/12 18/01
Setembro 06/12 20/01
Outubro 09/12 22/01
Novembro 11/12 25/01
Dezembro 12/12 27/01

 CICLO 6

Mês Depósito Saque
Janeiro e Fevereiro 13/12 19/12
Março 14/12 04/01
Abril 16/12 06/01
Maio 17/12 11/01
Junho 18/12 13/01
Julho 20/12 15/01
Agosto 20/12 18/01
Setembro 21/12 20/01
Outubro 23/12 22/01
Novembro 28/12 25/01
Dezembro 29/12 27/01

Essas datas, sobretudo, podem sofrer alterações, caso a Caixa Econômica ou o sistema do Dataprev apresentem problemas na consolidação das informações. Não será aberto novo registro, como ocorreu na primeira fase do programa. Entretanto cadastros bloqueados não receberão a sexta ou qualquer outra.

Aliás é fundamental o beneficiário continuar utilizando o aplicativo oficial do programa, o Caixa Tem. Pois, os valores continuarão a ser creditados nesta plataforma. Além disso, o calendário apresentado se refere a data de crédito e de liberação do saque em caixas eletrônicos, por exemplo. Portanto, é só identificar o dia do seu Auxilio Emergencial estará disponível em sua conta digital e já pode fazer pagamentos e compras em muitos estabelecimentos.

Confira tudo sobre o Décimo Quarto Salário!

Publicidade