Saiba quais as datas de pagamento daNona parcela do Auxílio Emergencial

Se deseja saber quais serão as datas de pagamento da 9ª parcela do Auxílio Emergencial, continue lendo o nosso artigo. Pois, nele vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

8ª parcela do Auxílio Emergencial

9ª Parcela do Auxílio Emergencial

Como você já deve saber, a 9ª parcela do auxílio emergencial será a última e será paga no mês de dezembro. Pois, esse benefício começou a ser pago em abril e com a prorrogação do mesmo, ele durou até o último mês do ano. No entanto, o Auxílio Emergencial só pode continuar sendo pago, graças a algumas mudanças, entre elas o valor. Leia a seguir e saiba mais sobre isso, assim como quem terá o direito de receber esta última e qual a data exata de pagamento dela.

Publicidade

Valores disponíveis do Auxílio Emergencial

A princípio, o Auxílio Emergencial teve continuidade sendo pago as pessoas necessitadas durante essa pandemia. Porém, o governo precisou realizar alguns ajustes. Entre eles foi o valor das parcelas, já que as primeiras em no valor de R$ 600, 00. Entretanto, tendo o objetivo a continuidade dessa ajuda, o custo do saldo precisou diminuir pela metade.

Dessa forma, as últimas parcelas foram pagas no valor de R$ 300,00. Sendo assim, a última não será diferente. Em consequência disso, também houve outras mudanças. Como, por exemplo, quem possui o direito de receber essas últimas cotas. Se você deseja saber se ainda possui esse direito, leia a seguir.

Quem recebe o auxílio?

Para saber quem irá receber o Auxílio Emergencial, leia o decreto divulgado pelo governo. Pois, alguns requisitos foram adicionados ao optar em receber o benefício. Portanto, se você recebeu as primeiras parcelas do benefício, mas já conseguiu um emprego de carteira assinada, perderá o Auxílio Emergencial. Além disso, se você está recebendo seguro desemprego ou qualquer outro benefício do governo, com exceção do Bolsa Família, também perderá o direito de recebê-lo. Entretanto, se estiver preso ou cumprindo regime fechado não receberá mais o Auxílio Emergencial.

Publicidade

Sendo assim, moradores em outro país também não terá direito a receber o benefício, caso isso seja comprovado. Dessa forma, se estiver em algum desses critérios, juntamente com os estabelecidos anteriormente, o seu auxílio emergencial será perdido. Contudo, muitos beneficiários deseja saber o dia do seu pagamento. Então, em seguida vamos colocar o calendário de acordo com o mês do seu nascimento. Garantindo a todos saberem o dia sem precisar entrar todo dia no aplicativo Caixa Tem.

Calendário de pagamentos

auxílio emergencial

Foram divulgados três calendários do Auxílio Emergencial, um do Bolsa Família, outro do Cadastro Único e o último dos inscritos através do site ou aplicativo da Caixa. Se acaso o seu é o primeiro, veja as datas de pagamento de acordo com o último número do seu NIS:

Publicidade

  • 1 – 10/12;
  • 2 – 11/12;
  • 3 – 14/12;
  • 4 – 15/12;
  • 5 – 16/12;
  • 6 – 17/12;
  • 7 – 18/12;
  • 8 – 21/12;
  • 9 – 22/12;
  • 0 – 23/12.

No entanto, se você está inscrito no CadÚnico e recebeu a 1ª do Auxílio Emergencial no mês de abril. Então veja o calendário conforme o mês de nascimento:

  • Janeiro – 13/12;
  • Fevereiro – 12/12;
  • Março – 14/12;
  • Abril – 15/12;
  • Maio – 17/12;
  • Junho – 18/12;
  • Agosto – 20/12;
  • Setembro – 21/12;
  • Outubro – 23/12;
  • Novembro – 28/12;
  • Dezembro – 29/12.

Entretanto, se o seu caso é último, ou seja, se você não está cadastrado em nenhum dos benefícios anteriores e realizou a sua inscrição do auxílio através do site ou aplicativo da Caixa, então veja a seguir o seu calendário:

  • Janeiro – 13/12;
  • Fevereiro – 13/12;
  • Março – 14/12;
  • Abril – 16/12;
  • Maio – 17/12;
  • Junho – 18/12;
  • Agosto – 20/12;
  • Setembro – 21/12;
  • Outubro – 23/12;
  • Novembro – 28/12;
  • Dezembro – 29/12.

Contudo, fique atento quanto a disponibilização de transferências e saques. Pois, com certeza poderão ter dadas distintamente diferentes das citadas anteriormente. Sendo estas consideradas as datas relacionadas a disponibilização de saldo em conta. Se acaso não possuir conta na Caixa, a mesma será encarregada de disponibilizar um conta própria onde o benefício será creditado. Após as datas descritas acima, o cidadão poderá efetuar as movimentações necessárias nas contas desejadas. Até lá, confira se suas situações estão regularizadas no recebimento do auxílio.

Sétima parcela do Auxílio Emergencial

Publicidade