Oitava Parcela do Auxílio Emergencial Liberada – Receba AGORA!

As datas de pagamento para a oitava parcela do auxílio emergencial já foram liberadas, e você precisa conferir!

Recentemente foi divulgado por meio do Ministério da Cidadania, na última segunda-feira de setembro, o novo calendário de pagamento do Auxílio Emergencial.

Publicidade

Mas aos não inclusos no Bolsa Família, visto os beneficiários do programa terem recebido o Auxílio Emergencial junto.

Então, se você é um desses e deseja saber qual será o valor dessas novas parcelas e quais serão os critérios do Auxílio Emergencial, continue lendo este ar.

Sétima parcela do Auxílio Emergencial

Oitava parcela do Auxílio Emergencial

O pagamento do Auxílio Emergencial iniciou no mês de abril deste ano. Sendo assim, até o dia de hoje, foram realizados sete pagamentos aos beneficiários.

Publicidade

Dessa forma, a do mês de novembro será a oitava, visto que como foi anunciado, o auxílio emergencial foi prolongado. Contudo, a nona vai ser quitada no último mês do ano.

No entanto, a mesma já foi confirmada como a última. Pois, o Auxílio Emergencial não vai mais ser prorrogado. Porém, quem recebe em dezembro só poderá realizar o saque do dinheiro no mês de janeiro de 2021. Então, a seguir vamos falar sobre qual será o novo valor das parcelas, assim como o dia em que elas serão pagas.

Publicidade

Desse modo, você não precisará ficar acessando o app da Caixa todos os dias e sabendo se o seu pagamento foi depositado.

Valores das parcelas do Auxílio Emergencial

Como você já deve saber, as primeiras parcelas do auxílio tinham o valor de R$ 600,00. Porém, o benefício conseguiu ser prorrogado e as pessoas continuaram recebendo essa ajuda de custo, conforme a realização de um reajuste desse valor. Sendo assim, as próximas parcelas tiveram que diminuir.

Portanto, as pessoas vão continuar recendo o auxílio emergencial, só irão obter a metade do saldo anterior. Desta maneira, as últimas parcelas serão de R$ 300,00 a cada beneficiário.

Nesse sentido, se você quer descobrir se vai continuar recebendo esse benefício, então leia os tópicos abaixo com os esclarecimentos sobre as novas decisões do governo.

auxílio emergencial

Quem tem direito ao auxílio?

Antes de mais nada, vamos explicar algo de fácil entendimento. A decisão tomada a respeito do auxílio emergencial.

Em primeiro lugar, a prorrogação só foi realizada se as parcelas tivessem de diminuir e a distribuição do dinheiro fosse feita a maior parte da população necessitada.

Em consequência disso, houve algumas mudanças a quem realmente necessitava dessa ajuda pudesse recebê-la.

Diante disso, além dos primeiros requisitos aos trabalhadores foram acrescentadas outras condições. Portanto, caso se enquadre na lista a seguir, então não terá mais o direito de receber o benefício de emergência:

  • Estar declarado falecido;
  • Ter menos de 18 anos, com a exclusão das mães adolescentes;
  • Estar preso ou cumprindo pena;
  • Estar incluído como dependente de alguém no IR;
  • Tenha recebido uma renda maior de R$ 40 mil no ano passado;
  • Possuir alguma propriedade no valor de mais de R$ 300 mil;
  • Morar em outro país;
  • Possuir renda mensal maior que meio salário mínimo por pessoa e renda familiar mensal maior de três salários mínimos;
  • Se acaso recebeu benefício previdenciário, seguro-desemprego ou de qualquer outro programa de do governo, com exceção do BF, depois de receber o auxílio;
  • Estar trabalhando com carteira assinada;
  • Por último, ter ganhado mais de R$ 28.559,70 no ano passado.

Calendário de pagamentos

Finalmente, vamos revelar as datas de quem irá receber a 8ª parcela do Auxílio Emergencial.

Então, se não se encaixa em nenhum dos critérios anteriores receberá o seu benefício de acordo com o mês do seu nascimento. Veja a seguir quando será:

  • Janeiro – 30/10;
  • Fevereiro – 04/11;
  • Março – 05/11;
  • Abril – 06/11;
  • Maio – 08/11;
  • Junho – 11/11;
  • Julho – 12/11;
  • Agosto – 13/11;
  • Setembro – 15/11;
  • Outubro – 16/11;
  • Novembro – 18/11;
  • Dezembro – 20/11.

Entretanto, estas datas só valem se tiver recebido a primeira no mês de abril. Portanto, se recebeu após isso, a data irá variar um pouco.

Divulgada as datas da Sexta parcela do Auxílio Emergencial

Publicidade